Últimas notícias do Brasil e do mundo, sobre política, economia, emprego, educação, saúde, meio ambiente, tecnologia, ciência, cultura e carros. Vídeos dos telejornais da TV Globo e da GloboNews.
Eleições 2022: tudo o que você precisa saber para votar na região de Piracicaba

Eleitores vão às urnas escolher presidente, governador, senador e deputados estadual e federal neste domingo (2). Votação acontece das 8h às 17h, horário de Brasília, em todo país. Movimentação na Escola Estadual Mirandolina de Almeida Canto, em Piracicaba, nas eleições em 2020 Alessandro Maschio/G1 O primeiro turno das Eleições 2022 ocorre neste domingo (2). Em Piracicaba e região, 977.040 eleitores vão às urnas escolher presidente, governador, senador e deputados estadual e federal. LEIA MAIS: Posso votar de bermuda e chinelo? Veja o que diz o TSE Cola eleitoral: imprima e preencha com os dados de seus candidatos A votação ocorre das 8h às 17h, horário de Brasília, em todo país. O g1 Piracicaba reuniu tudo o que você precisa saber para votar, confira abaixo: Mudança em local de votação Cerca de 10,8 mil eleitores de Piracicaba tiveram o local de votação alterado este ano. Em alguns casos, as mudanças ocorreram porque os locais em que os eleitores votavam estão em reforma, e, neste caso, só vale para o pleito deste ano. Em outras situações, a alteração é definitiva e foi feita para melhor redistribuição dos eleitores, segundo o cartório. Veja a lista de locais que foram alterados Fila para votação na Escola Estadual Prof. Hélio Penteado De Castro em Piracicaba em 2020 Alessandro Maschio/G1 Como consultar local de votação: Para saber em qual local deve comparecer para votar, o eleitor deve fazer uma pesquisa no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ao acessar a página de consulta (https://www.tse.jus.br/eleitor/titulo-e-local-de-votacao/consulta-por-nome), basta preencher os campos com número do CPF ou do título de eleitor, data de nascimento e nome da mãe. Depois de clicar em "consultar", aparecerá o domicílio eleitoral, indicando a zona, seção, endereço e município onde o eleitor deve ir para registrar o seu voto. Também é possível consultar por meio do e-Título. Saiba como baixar e as funcionalidades do aplicativo. Horários especiais de ônibus Ônibus do transporte público de Piracicaba funcionam em horários especiais no domingo, segundo a prefeitura. Por determinação da Secretaria de Mobilidade Urbana, Trânsito e Transportes (Semuttran), as viagens seguirão os horários de sábado, com exceções. As exceções são com as linhas 811 – Anhumas/ TSJ (Terminal do São Jorge) e 813 – Almeida/ TSJ, que operam com horários de dias úteis. A linha 815 - Ibitiruna/ TSJ funciona com os horários de terça-feira. Já as linhas 210 - Unileste e 505 - Uninorte realizam as viagens com horários de domingos e feriados. Transporte público em Piracicaba Edijan Del Santo/EPTV Em Limeira, a Secretaria de Mobilidade Urbana informa que os ônibus do transporte coletivo vão operar com reforço em todas as linhas entre 7h e 18h. Os horários dos ônibus devem ser consultados pelo site da Sou Limeira (soulimeira.com.br) ou pelo aplicativo do sistema. Ainda de acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, o sistema porta a porta, que atende pessoas com deficiência, também estará disponível no domingo. Para utilizar o serviço, é necessário fazer o agendamento, até esta sexta-feira (30), pelo telefone/WhatsApp: (19) 97418-4728. O que levar? É obrigatório apresentar um documento pessoal com foto para comprovar a identidade e ter acesso à urna, bem como a assinatura do caderno e recebimento do comprovante de votação. O título de eleitor não é obrigatório, mas nele consta a seção eleitoral, o que facilita para que o cidadão saiba a sala que vai votar. São válidos os documentos a seguir: carteira de identidade identidade social carteira de trabalho carteira nacional de habilitação passaporte ou outro documento de valor legal equivalente carteira de categoria profissional reconhecida por lei certificado de reservista (para homens cis ou transgênero) O eleitor poderá levar também um papel com a cola eleitoral, com os números de seus candidatos anotados. Este ano a Justiça Eleitoral também vai usar a biometria para os eleitores que fizeram o cadastro ou que possuem Carteira Nacional de Habilitação (CNH), e cadastraram a biometria no Detran. Aqueles que não possuem nenhum dos dois cadastros poderão votar normalmente sem a biometria. Título eleitoral Eleitor podia regularizar a situação do título eleitoral até o dia 4 de maio. Crédito: Antonio Augusto/Ascom/TSE Proibição de celular O TSE avisa que é proibida a utilização de telefone celular, tablets, rádio comunicadores, câmeras e quaisquer outros aparelhos eletrônicos dentro da cabine de votação. O eleitor poderá usar o aparelho para apresentar o e-Título, mas deverá entregá-lo ao mesário ao votar – é ilegal fotografar ou filmar o processo de votação seu ou de terceiros. Como votar? O eleitor deve digitar o número do candidato escolhido para cada cargo na urna eletrônica e conferir se o nome e a foto aparecem no equipamento. Se estiver errado, basta apertar a tecla "corrige" e digitar o número certo. Ao apertar "confirma", o eleitor computa o voto para aquele candidato e não será mais possível alterar. Urna eletrônica Bárbara Munhoz/g1 Se o eleitor não quiser dar seu voto para nenhum candidato, ele pode apertar a tecla "branco" e, em seguida, "confirma". Segundo o TSE, o voto em branco não é computado como voto válido, sendo registrado apenas para estatísticas. A ordem de votação será a seguinte: Deputado federal Deputado estadual Senador Governador Presidente VÍDEOS: Fique por dentro do que acontece nas cidades Veja mais notícias no g1 Piracicaba
Sat, 01 Oct 2022 11:23:28 -0000
Nicarágua rompe relações diplomáticas com a Holanda

Decisão foi tomada após representante holandesa dizer que seu país não financiará a construção de um hospital no país da América Central. A Nicarágua suspendeu suas relações diplomáticas com a Holanda na sexta-feira (30), segundo comunicado emitido pelo Ministério das Relações Exteriores. O documento utilizou os termos "intervencionista e neocolonialista" para descrever o posicionamento do país europeu. O texto anuncia a decisão de "descontinuar imediatamente as relações diplomáticas" entre as duas nações e afirma ainda que a Holanda "ofendeu e segue ofendendo famílias nicaraguenses". A medida foi anunciada depois que o presidente Daniel Ortega disse, em evento oficial, que não quer manter vínculos diplomáticos com a Holanda. Nicarágua declara embaixador da União Europeia 'persona non grata' no país Reuters Leia também: Nicarágua: as ações do governo Ortega contra Igreja Católica no país Ortega transformará imóvel de jornal na Nicarágua em centro cultural "Não queremos relações com este governo intervencionista", declarou Ortega. A reação do presidente se deu após uma visita da embaixadora holandesa para a América Central, Christine Pirenne, à capital Manágua, na quinta-feira. Na ocasião, Pirenne informou que a Holanda não financiará a construção de um hospital no país, o que irritou o presidente. No início da semana, autoridades haviam determinado que o embaixador da União Europeia era persona non grata na Nicarágua e acrescentaram que o país não aceitaria o novo embaixador apontado pelos Estados Unidos, o que elevou as tensões entre o presidente Daniel Ortega e a comunidade internacional.
Sat, 01 Oct 2022 11:23:18 -0000
Novo laudo aponta 14 pontos impróprios para o banho na Grande São Luís

De acordo com a Sema, foram coletadas e analisadas amostras de água de 22 pontos distribuídos nas praias de São Luís e trechos de São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa. 14 pontos de praias da Grande São Luís estão impróprios para o banho, diz Sema Reprodução/TV Mirante O novo laudo divulgado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) mostra que 14 pontos estão impróprios para o banho na Grande São Luís. O laudo refere-se à ação de monitoramento realizada no período de 29 de agosto de 2021 a 26 de setembro de 2022 e integra a série de acompanhamento semanal das condições de balneabilidade das praias da Ilha do Maranhão. De acordo com a Sema, foram coletadas e analisadas amostras de água de 22 pontos distribuídos nas praias de São Luís e trechos de São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa. Segundo a Sema, essa análise é realizada todo mês e a ocorrência de chuvas influencia negativamente na qualidade das águas das praias, considerando que ocorre maior carreamento de matéria orgânica oriunda da lavagem das vias públicas para os rios e, consequentemente, para os mares. A recomendação de quem faz estas análises e também de estudiosos no assunto é de que o banhistas não devem entrar ao mar durante o período em que a água estiver poluída a fim de evitar o contágio de doenças. Veja abaixo a relação completa Novo laudo aponta 14 pontos impróprios para o banho na Grande São Luís Divulgação/Sema
Sat, 01 Oct 2022 11:22:55 -0000
DPU pede suspensão de atividades de mineradora em área próxima a comunidades quilombolas na BA
Moradores na região de Piatã, na Chapada Diamantina, reclamam da poeira com metais pesados, contaminação do solo e das péssimas condições das estradas. A Defensoria Pública da União (DPU) ajuizou, na sexta-feira (30), uma ação civil pública solicitando a suspensão das atividades de uma mineradora na região de Piatã, cidade da Chapada Diamantina. De acordo com a defensoria, a suspensão deve ocorrer enquanto a empresa não comprova o cumprimento das medidas determinadas em notificações de fiscalização ambiental. Comunidades tradicionais da região relataram ao órgão diversos problemas como poluição do ar, excesso de ruídos, contaminações do solo e mananciais, entre outros fatores que prejudicam o ecossistema e a vida dos moradores. A DPU pede ainda pagamento de indenização, por danos morais coletivos, em montante não inferior a R$ 5 milhões, a serem aplicados em ações sociais na área afetada. A ação Civil Pública contra a a Brazil Iron Mineração e a Agência Nacional de Mineração (AMN), órgão federal que fiscaliza a atividade, tramita na 16ª Vara Federal Cível de Salvador. O g1 tentou, mas não conseguiu contato com a mineradora. Entre as adequações, mencionadas em Relatórios de Fiscalização Ambiental do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), estão: melhorar o processo de umectação das estradas; instalar equipamentos de medição de material particulado e de monitoramento de vibrações nas comunidades e filtros para o processo de secagem do minério de ferro; apresentar cronograma de acionamento de explosivos; realizar análise de corpos hídricos para verificar contaminação por minério de ferro e reparar os danos causados à Rodovia BA 148, por conta do tráfego de caminhões e máquinas pesadas. Além disso, a DPU pede que a empresa se abstenha de invadir os terrenos das comunidades sem autorização formal. Entenda o caso Em agosto de 2021, a Associação Comunitária dos Moradores das Comunidades do Carrapicho, Mutuca, Sítio dos Pereiras e Capão e a Associação Comunitária dos Pequenos Produtores Rurais do Mocó I e Mocó II pediram à DPU que apurasse a atividade de mineração realizada pela empresa. Juntas, as comunidades são compostas por 147 famílias, predominantemente negras, reunidas por traços culturais comuns e identificadas como remanescentes de quilombo. Segundo eles, nos últimos anos, a empresa tem expandido suas ações na chamada “Mina do Mocó” e causado problemas à coletividade. Além dos danos ambientais e à saúde dos moradores, eles relataram que algumas famílias foram obrigadas a deixar a área por não conseguirem mais exercer as atividades de subsistência, rompendo, assim, o elo existente com o local. Antes de levar o caso à Justiça, o defensor regional de Direitos Humanos na Bahia, Vladimir Correia, enviou ofícios para o Inema, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Bahia (CREA-BA) e para a Agência Nacional de Mineração (ANM) requerendo que os órgãos, dentro das suas competências, prestassem informações. Em resposta, em janeiro deste ano, a Sesab apresentou relatórios que confirmam que a empresa gera poeira e material sem ter medidas eficazes de controle e monitoramento necessários para mitigar os impactos ambientais. A Diretoria de Vigilância Sanitária e Ambiental do Estado da Bahia (Divisa), ligada à Secretaria, relatou que, em visita técnica, foram detectados fragmentos escuros brilhantes, semelhantes a minério triturado, presença de problemas respiratórios nos habitantes da região, intenso barulho das máquinas e as péssimas condições das estradas. Já o Inema confirmou que, em 2019, concedeu duas autorizações ambientais à Brazil Iron Mineração Ltda. para realizar a lavra experimental, com produção de 300 mil toneladas por ano. De acordo com o instituto, durante a análise desses processos, não foram localizadas comunidades tradicionais nas proximidades e a informação não constava nos documentos apresentados pela empresa. Contudo, em relação às denúncias, o Inema informou que já teria detectado as irregularidades, que foram elencadas nos Relatórios de Fiscalização Ambiental. Além disso, a empresa não teria apresentado ao órgão a certificação emitida pelo Exército para uso de explosivos. Em razão das falhas, em 2020, o instituto emitiu notificações à empresa pedindo adequações. Como os problemas persistiram, no dia 26 de abril de 2022, o instituto aplicou a penalidade de Interdição Temporária à mineradora, por operar empreendimento em desacordo com as autorizações ambientais. A empresa, porém, conseguiu reverter a situação e tem realizado atividades na área. Veja mais notícias do estado no g1 Bahia. Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia 💻 Ouça 'Eu Te Explico' 🎙
Sat, 01 Oct 2022 11:22:27 -0000
Veja onde se vacinar contra Covid, gripe, pólio e outras doenças neste sábado (1º), no DF

Secretaria de Saúde faz campanha de multivacinação em 10 pontos fixos. Locais abrem das 9h às 17h. Servidor da saúde com seringa e vacina nas mãos Roberto Netto/PMA A imunização contra Covid-19, gripe e poliomielite continua neste sábado (1º), no Distrito Federal. Mas os moradores de Brasília podem aproveitar o dia para atualizar a carteira de vacinação. LEIA TAMBÉM: POLIOMIELITE: campanha de vacinação é prorrogada até 28 de outubro no DF COVID-19: vacinação de crianças com 3 e 4 anos é retomada no DF A Secretaria de Saúde faz uma campanha de multivacinação contra 18 doenças, incluindo hepatite, febre amarela e HPV (veja lista completa mais abaixo). Serão 10 pontos fixos abertos das 9h às 17h. A vacina contra a gripe está disponível para todos os moradores do DF. Já a imunização contra poliomielite é para crianças com até 4 anos e 11 meses de idade . Neste sábado, "carro da vacina" vai percorrer cinco regiões para fazer uma busca ativa por pessoas que ainda não foram imunizadas ou que não completaram o ciclo vacinal contra Covid-19. No domingo (2), não haverá vacinação em Brasília. Imunizantes oferecidos na campanha de multivacinação Influenza Covid-19 Hepatite A Hepatite B Pentavalente Poliomielite Inativada Poliomielite Oral Rotavírus Pneumocócica 10-valente Meningocócica C Meningocócica ACWY Febre Amarela Tríplice Viral Varicela DT DTpa para gestantes (contra difteria, tétano e coqueluche) HPV DTP (contra difteria, tétano e coqueluche) Onde se vacinar neste sábado (1º), no DF Vacina contra a gripe Divulgação / Ascom PMP Pontos fixos UBS 1 Asa Sul Endereço: SGAS 612 Horário: das 9h às 17h Imunizantes: contra Covid-19 para crianças a partir dos 3 anos, adolescentes, adultos e idosos Também haverá vacina contra influenza e outras doenças (veja lista acima) UBS 1 Cruzeiro Endereço: SHCES Quadra 601 Lt 01 - Cruzeiro Novo Horário: das 9h às 17h Imunizantes: contra Covid-19 para crianças a partir dos 3 anos, adolescentes, adultos e idosos. Também haverá vacina contra influenza e outras doenças (veja lista acima) UBS 2 Sobradinho II Endereço: Rodovia DF 420, Complexo de Saúde, Setor de Mansões, ao lado da UPA Sobradinho Horário: das 9h às 17h Imunizantes: contra Covid-19 para crianças a partir dos 3 anos, adolescentes, adultos e idosos. Também haverá vacina contra influenza e outras doenças (veja lista acima) UBS 3 Itapoã Endereço: quadra 378 Conjunto A - Lote 4 Horário: das 9h às 17h Imunizantes: contra Covid-19 para crianças a partir dos 3 anos, adolescentes, adultos e idosos. Também haverá vacinação contra influenza e pólio. UBS 5 Gama Endereço: Área Especial, St. Central Horário: das 9h às 17h Imunizantes: contra Covid-19 para crianças a partir dos 3 anos, adolescentes, adultos e idosos. Também haverá vacina contra influenza e outras doenças (veja lista acima) UBS 2 Ceilândia Endereço: QNN 15 Lote F Horário: das 9h às 17h Imunizantes: contra Covid-19 para crianças a partir dos 3 anos, adolescentes, adultos e idosos. Também haverá vacina contra influenza e outras doenças (veja lista acima) UBS 14 Ceilândia Endereço: Condomínio Privê - Módulo 12 Horário: das 9h às 17h Imunizantes: contra Covid-19 para crianças a partir dos 3 anos, adolescentes, adultos e idosos. Também haverá vacina contra influenza e outras doenças (veja lista acima) UBS 3 Taguatinga Endereço: QNL 1 Área Especial 2 Horário: das 9h às 17h Imunizantes: contra Covid-19 para crianças a partir dos 3 anos, adolescentes, adultos e idosos. Também haverá vacina contra influenza e outras doenças (veja lista acima) UBS 1 Vicente Pires Endereço: Rua 4C Chácara 12 - Colônia Agrícola Samambaia Horário: das 9h às 17h Imunizantes: contra Covid-19 para crianças a partir dos 3 anos, adolescentes, adultos e idosos. Também haverá vacina contra influenza e outras doenças (veja lista acima) UBS 12 Samambaia Endereço: QR 210 Conjunto 22 Horário: das 9h às 17h Imunizantes: contra Covid-19 para crianças a partir dos 3 anos, adolescentes, adultos e idosos. Também haverá vacina contra influenza e outras doenças (veja lista acima) Vacinação Itinerante: 'Carro da Vacina' Carro da Vacina no Sol Nascente, no DF para imunizar população contra a covid-19. Sandro Araújo/Agência Saúde DF A vacinação itinerante vai percorrer cinco regiões do Distrito Federal. Todos os carros têm imunização contra Covid-19, gripe e poliomielite. Carro da Vacina 1 - Ponte Alta (Gama) Rota: Área rural da Ponte Alta Horário: das 9h às 17h Imunizantes: contra Covid-19 para crianças a partir dos 3 anos, adolescentes, adultos e idosos. Também haverá vacinação contra influenza e pólio. Carro da Vacina 2 - Itapoã Rota: Condomínio Entrelagos (manhã) e Condomínio Novo Horizonte (tarde) Horário: das 9h às 17h Imunizantes: contra Covid-19 para crianças a partir dos 3 anos, adolescentes, adultos e idosos. Também haverá vacinação contra influenza e pólio. Carro da Vacina 3 - Condomínio Privê (Ceilândia) Rota: Condomínio Privê Horário: das 9h às 17h Imunizantes: contra Covid-19 para crianças a partir dos 3 anos, adolescentes, adultos e idosos. Também haverá vacinação contra influenza e pólio. Carro da Vacina 4 - Vila Telebrasília Rota: Vila Telebrasília Horário: das 9h às 17h Imunizantes: contra Covid-19 para crianças a partir dos 3 anos, adolescentes, adultos e idosos. Também haverá vacinação contra influenza e pólio. Carro da Vacina 5 - Vila Cauhy (Núcleo Bandeirante) Rota: Vila Cauhy Horário: das 8h às 13h Imunizantes: contra Covid-19 para crianças a partir dos 3 anos, adolescentes, adultos e idosos. Também haverá vacinação contra influenza e pólio. Leia mais notícias sobre a região no g1 DF.
Sat, 01 Oct 2022 11:15:48 -0000
Inscrições para concurso do BRB são prorrogadas até 10 de outubro

Processo seletivo vai preencher 500 vagas para cargo de escriturário, sendo 200 para cadastro reserva. Salário é de R$ 3,7 mil. Agência do Banco de Brasília (BRB), no Distrito Federal Paulo H. Carvalho/Agência Brasília O Banco Regional de Brasília (BRB) prorrogou até o dia 10 de outubro as inscrições do concurso para escriturário. Ao todo, são 500 vagas: 300 são para preenchimento imediato e 200 para cadastro reserva. LEIA TAMBÉM: CONFIRA: lista de concursos e oportunidades INSCRIÇÕES: Secretaria de Agricultura do DF lança edital de concurso com 842 vagas; salários chegam a R$ 10,6 mil O salário é de R$ 3.764,66, para a carga horária de 30 horas semanais. O edital com a prorrogação do prazo será publicado no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) da próxima segunda-feira (3), quando estava previsto o término das inscrições. Os interessados devem se inscrever por meio do site do Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades), banca responsável pela realização das provas. A taxa é de R$ 66,50. As provas estão marcadas para 6 de novembro, em Brasília. Elas também poderão ser feitas em todas as capitais do país. O resultado do concurso será publicado em fevereiro de 2023 no Diário Oficial do DF e também no site do Iades e no site do BRB. O edital do concurso prevê cotas para pessoas com deficiência, hipossuficientes, negros, indígenas e quilombolas. Veja mais notícias sobre a região no g1 DF.
Sat, 01 Oct 2022 11:15:33 -0000
Domingo de eleições terá chuva no DF, diz Inmet

Segundo Instituto Nacional de Meteorologia, pela manhã deve haver formação de nuvens e chove durante a tarde. Votação vai das 8h às 17h. Céu com sol e nuvens no Distrito Federal, em imagem de arquivo TV Globo/Reprodução O primeiro turno das eleições 2022, neste domingo (2), deve ser chuvoso no Distrito Federal. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), há previsão de formação de nuvens pela manhã e pancadas de chuvas no período da tarde e noite. LEIA TAMBÉM: ESTAÇÃO: O que há por trás das cigarras que cantam na primavera CONFIRA: Previsão do Tempo em Brasília A temperatura pode chegar a 29 graus e a umidade do ar fica entre 90% e 40%. Cléber Souza, do Inmet, explica que a condição climática é típica deste período de primavera. "O aumento da umidade e o aquecimento diurno geram condições de formar nuvens, e as pancadas de chuva podem ser fortes", diz o meteorologista. Previsão do tempo: Dia da eleição terá apenas chuvas pontuais e frio no Sul Segundo análise do Inmet, a chuva deve atingir várias regiões do DF. Há possibilidade de raios e ventanias. "O modelo indica que todo o DF tem condições de chuvas para o domingo", diz Cléber Souza. Imagem aérea de Taguatinga, no Distrito Federal Globocop/ Reprodução Leia mais notícias sobre a região no g1 DF.
Sat, 01 Oct 2022 11:15:09 -0000
Conheça o perfil dos eleitores do TO que vão escolher representantes neste domingo

Conforme o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em todo o estado há 4.088 seções divididas em 853 locais de votação e 34 zonas eleitorais. Cabina de votação Érico Andrade/G1 Neste domingo, dia 2 de outubro, será a votação para escolha de presidente, governadores, senadores e deputados federais e estaduais em todo o Brasil. No Tocantins haverá votação em todos os 139 municípios. Conforme o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), em todo o estado há 4.088 seções divididas em 853 locais de votação e 34 zonas eleitorais. Palmas tem 198.215 eleitores e 72 locais de votação. Ao todo são 614 seções eleitorais na capital. O Centro de Ensino Médio Santa Rita de Cássia é o maior local de votação e deve receber até 5.208 eleitores. A menor seção fica em Silvanópolis, que e faz parte da 3ª Zona Eleitoral de Porto Nacional. Se trata da escola Municipal Caminho Suave, que deve receber 60 eleitores. Segundo o TRE, 5.986 eleitores do Tocantins votam em aldeias indígenas. Para atender o público estarão disponíveis 30 seções em 22 locais de votações. Cerca de 500 homens do Exército vão atuar em aldeias durante as eleições no próximo domingo (2). Perfil do eleitorado no Tocantins Os números do perfil do eleitorado são divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os dados apontam que o Tocantins tem 1.094.003 milhão de eleitores aptos a votar neste domingo (2). São 58.714 eleitores a mais em relação às últimas eleições, disputadas em 2020, quando 1.035.289 podiam votar. Conforme o TSE, 10.803 têm algum tipo de deficiência. Idade e gênero As mulheres são maioria nessas eleições. Conforme o TSE, do total, 556.547 (51%) são do sexo feminino e 537.456 (49%) do sexo masculino. Em todo o estado, 154 eleitoras e eleitores têm nome social. A faixa etária com mais eleitores nestas eleições é de jovens entre 25 e 29 anos, com 119.824 indivíduos. O levantamento revela também que mais de 24,9 mil eleitores têm menos de 18 anos. Na última eleição, em 2020, eram pouco mais de 17,3 mil eleitores entre 16 e 17 anos. O estado também apresentou crescimento no número de pessoas com mais de 70 anos aptas a votar. Em 2020 eram 75.448 indivíduos nesta faixa etária. Neste ano são 81.123. Do total de eleitores, mais de 3,4 mil eleitores têm mais de 90 anos. Grau de instrução As tabelas também detalham o grau de instrução, ou escolaridade, dos eleitores. A maioria do eleitorado no TO possui ensino médio completo ou ensino fundamental incompleto. A menor quantidade é analfabeto ou terminou o ensino fundamental. Confira os dados: Ensino médio completo: 292.750 eleitores (26,76%) Ensino fundamental incompleto: 223.091 eleitores (20,39%) Ensino médio incompleto: 191.890 eleitores (17,54%) Superior completo: 118.192 eleitores (10,8%) Lê e escreve: 91.478 eleitores (8,36%) Superior incompleto: 65.552 eleitores (5,99%) Analfabeto: 60.003 eleitores (5,48%) Ensino fundamental completo: 51.047 eleitores (4,67%) Ferramentas para ajudar o eleitor Para ajudar o eleitor conhecer as propostas dos candidatos que mais têm a ver com suas ideias, o g1 disponibilizou a página especial "Jogo Eleitoral", que reúne afirmativas sobre alguns dos temas mais importantes para o estado. Os candidatos a governador do Tocantins responderam o que pensam sobre cada uma delas. Participe do Jogo Eleitoral. Já a página especial "Propostas dos Políticos" organiza, em ordem cronológica, propostas apresentadas sobre educação, meio ambiente, saúde, transporte, infraestrutura, entre outros temas. Ela será atualizada até o final do segundo turno das eleições, se houver. Confira as "Propostas dos políticos" Com diversos nomes que concorrem a deputado estadual, deputado federal e também dos outros cargos, o g1 tem a página "Quem eu escolho?", que traz os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de todos os candidatos. Clique e confira a ferramenta "Quem eu escolho?" Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.
Sat, 01 Oct 2022 11:13:51 -0000
Campinas tem alta de 39% nas mortes de pedestres no trânsito; óbitos de motociclistas caem 19,5%

Levantamento do Infosiga mostra redução no total de mortes em acidentes de trânsito na cidade entre janeiro e agosto, na comparação com 2021: de 95 para 92 no total. Carro capotou no Anel Viário em Campinas depois de atropelas pedestre em janeiro de 2022 Reprodução/EPTV Apesar de registrar redução de 3% no total de mortes, o trânsito de Campinas (SP) tem se apresentado mais violento para os pedestres em 2022. Dados do Sistema de Informações de Acidentes de Trânsito em São Paulo (Infosiga-SP) mostram alta de 39,1% no total de óbitos por atropelamentos entre janeiro e agosto, na comparação com o mesmo período de 2021. Por outro lado, os motociclistas, apesar de seguirem como as principais vítimas do trânsito na metrópole, viram o total de ocorrências fatais diminuir 19,5% no período. Veja os números: Total de mortes (janeiro a agosto) 2021: 95 2022: 92 Mortes de motociclistas (janeiro a agosto) 2021: 46 2022: 37 Mortes de pedestres (janeiro a agosto) 2021: 23 2022: 32 Após atropelar pedestre, carro atingiu poste de energia próximo à rodoviária de Campinas, em junho de 2022 Wagner Souza Segundo o levantamento realizado pelo Infosiga, das 32 mortes de pedestres entre janeiro e agosto de 2022, 12 delas ocorreram em vias municipais, 14 em rodovias e em seis casos não foi determinado o local do atropelamento. Como efeito de comparação, dos 23 óbitos de pedestres nos primeiros oito meses de 2021, nove delas ocorreram em vias municipais, 13 em estradas que cortam a cidade e em um caso a informação do local do atropelamento não estava disponível. Já em relação aos óbitos de motociclistas, apesar da queda em relação a 2021, eles seguem sendo as principais vítimas do trânsito na metrópole. Campinas ganha motos novas como nunca e mudança no perfil provoca impactos no trânsito; entenda Das 92 mortes contabilizadas pelo Infosiga, 37 foram de motociclistas, seguidas por 32 de pedestres e 15 de condutores ou passageiros de automóveis. Completam a lista dois ciclistas, um condutor de caminhão e outras cinco vítimas que os dados de veículos envolvidos não estavam disponíveis. O que diz a Emdec? Procurada pelo g1, a Emdec, empresa responsável por fiscalizar o trânsito em vias municipais de Campinas, informou que monitora, "de forma intensa e constante", os dados de acidentalidade e com base na análise das informações, desenvolve "estratégias para proporcionar uma mobilidade urbana cada vez mais segura, acessível e sustentável." "Importante salientar que a empresa é responsável pelo trânsito urbano, e Campinas é cortada por diversas rodovias, que não estão sob gestão da Emdec. Os dados do Infosiga/SP abarcam tanto as ocorrências no perímetro urbano, como também no perímetro rodoviário. E os sinistros de trânsito (acidentes) em rodovias têm importante peso nos dados estatísticos", destaca a empresa, em nota. Em relação às ações para motociclistas, a Emdec informou que criou áreas de espera para motos em importantes cruzamentos da cidade. "Com isso, quando o semáforo está na fase vermelha, as motos ficam posicionadas à frente dos demais veículos, o que diminui a disputa pelos espaços durante a abertura do semáforo", pontua. Sobre as mortes de pedestres no trânsito, a Emdec informa que análises realizadas conjuntamente com o Observatório do Trânsito de Campinas apontam entre os principais fatores de risco o uso de bebidas alcoólicas e atitudes imprudentes por parte das vítimas. Já em relação aos condutores que atropelam pedestres, o uso de alcóol, alta velocidade e retorno em local proibido estão entre as principais irregularidades. Ainda segundo a empresa, a Emdec tem realizado campanhas educativas voltadas para esse público (motociclistas), mas também para pedestres, ciclistas, motoristas e motoristas profissionais. E investiu R$ 5 milhões neste ano em lombadas, faixas elevadas, rampas de acessibilidade, faixas de semáforos e novos cruzamento semaforizados. VÍDEOS: tudo sobre Campinas e região p Veja mais notícias da região no g1 Campinas.
Sat, 01 Oct 2022 11:09:23 -0000
Pesquisa Ipec: 27% não votariam em Décio Lima para governador de SC; 23% rejeitam Moisés

Pesquisa ouviu 800 pessoas entre os dias 28 e 30 de setembro. Margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%. Urna eletrônica em Santa Catarina Tiago Ghizoni/NSC Pesquisa do Ipec (ex-Ibope) divulgada na sexta-feira (30) pela NSC Comunicação revela que Décio Lima (PT) é o candidato que os eleitores mais rejeitam para o governo de Santa Catarina, com 27%. Em relação à última pesquisa, de 20 de setembro, o petista superou Moisés (Republicanos), que agora é o segundo, com 23%. A pesquisa ouviu 1008 pessoas entre os dias 28 e 30 de setembro em 40 cidades catarinenses. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%. Veja os números para o governo do estado A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Santa Catarina (TRE-SC) com o número SC-07610/2022 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-02209/2022. Esta é a terceira pesquisa de intenção de voto do Ipec com eleitores do estado de Santa Catarina feita após o término do prazo para o registro das candidaturas. Candidatos que não votaria de jeito nenhum, em %: Décio Lima (PT): 27% (20% na pesquisa anterior) Moisés (Republicanos): 23% (27% na pesquisa anterior) Esperidião Amin (PP): 16% (17% na pesquisa anterior) Jorginho Mello (PL): 12% (11% na pesquisa anterior) Ralf Zimmer (PROS): 10% (7% na pesquisa anterior) Professor Alex Alano (PSTU): 8% (6% na pesquisa anterior) Gean Loureiro (União Brasil): 7% (7% na pesquisa anterior) Leandro Borges (PCO): 6% (5% na pesquisa anterior) Odair Tramontin (Novo): 6% (6% na pesquisa anterior) Jorge Boeira (PDT): 5% (6% na pesquisa anterior) Poderia votar em todos: 11% (10% na pesquisa anterior) Não souberam: 16% (23% na pesquisa anterior) VÍDEOS: mais assistidos do g1 SC nos últimos 7 dias Veja mais notícias do estado no g1 SC
Sat, 01 Oct 2022 11:05:48 -0000

This page was created in: 0.03 seconds

Copyright 2022 Oscar WiFi

This website or its third-party tools use cookies, which are necessary to its functioning and required to achieve the purposes illustrated in the cookie policy. By closing this banner, scrolling this page, clicking a link or continuing to browse otherwise, you agree to the use of cookies. If you want to know more or withdraw your consent to all or some of the cookies, please refer our Cookie Policy More info